Resumo do Episódio 12 - Paixão

Zé prova a Miguel que é o pai de Catarina e oferece-lhe um bilhete de avião para a África do Sul.

Afonso fala com Isabel, diz que quer abrir um negócio em Ibiza com uns sócios, um sunset bar, mas precisa de dinheiro. Afonso diz que o pai não lhe vai emprestar dinheiro, mas Isabel diz que o ajuda. Isabel diz que gostava que Afonso endireita-se a vida, e Afonso diz que este negócio o vai ajudar.

Diana está com Mónica, e Diana recebe um ramo de flores de uma pessoa anónima. Sara pensa que foi o Duarte, mas depois Duarte entra e estranha ao ver as flores. Diana diz que é de um admirador secreto, mas ela não lhe vai ligar. Guilhas diz depois que o pai dele chega a Portugal naquele dia, já há algum tempo que estava no Brasil.

Laura ajuda na limpeza da casa de Francisco. Mas quando vai para mandar a arca de recordações de Francisco para o lixo, este fica muito irritado, tira-lhe a arca das mãos e começa a discutir com Laura. Ele não tem paciência para ela e o Lou é que a tem de aturar.

Luísa sugere a Zé que é melhor admitirem que a Catarina é filha de Miguel. Zé opõem-se, dizendo que não vão deixar que o Miguel prove que a Catarina é filha dele. Se ele conseguir provar, dizem à Catarina que o Miguel matou o avô dela.

Tomás e Afonso vão ao restaurante de Duarte, mas Afonso está sob o efeito de drogas. Duarte chama Afonso à parte e avisa-o.

Isabel diz a Bê que vai emprestar dinheiro a Afonso para ele investir num bar e Bê fica irritada. Bê diz que o Afonso não deve saber nada do negócio e que não tem o mínimo da noção da responsabilidade, e vai voltar a meter-se em álcool e drogas.

Laura vai ter com Lou à sua loja e diz que se sente horrível, que discutiu com o pai dele, por ter mexido na arca. Lou diz que essa arca é sagrada para o Francisco, e agora o frigorifico vai ficar com cadeado para sempre.

Joana vai ter com Guilhas e descobre que ele está chateado. Guilhas diz que é por causa do pai, que afinal não voltou para Portugal.

Luísa manda mensagem a Miguel a dizer que se quer encontrar com ele. Miguel comenta com Filipe e Maria Paula. Filipe diz que se calhar a Luísa quer contar a verdade. Miguel diz que é melhor que ela pode fazer, que ele não vai desistir da Catarina e que também não vai ser fácil contar a verdade à menina.

Castro diz a Zé que a chamada para o 112 foi anonima, por isso ele pode dizer que foi ele que ligou para o hospital, e dizer que tentou ajudar o Filipe. Zé gosta dessa desculpa, talvez ajude a cobrir o caso.

Tiago vai ter com Bê e pergunta-lhe se ela está mais calma. Bê diz que ele não tem de andar a preocupar-se com ela, que o que aconteceu no dia anterior não significou nada. Tiago percebe o que ela está a dizer e diz que se calhar devia ter ficado a trabalhar, e regressa ao trabalho.

Duarte diz a Teresa que ficou preocupado com Afonso no restaurante, que ele parecia drogado. Teresa vai depois falar com João sobre o Afonso. João diz que não vale a pena insistir com o Afonso, mas Teresa diz que se calhar é melhor ele estar em Portugal com eles. João diz que não foi ele que disse para ele ir para Miami.

Luísa fecha o negócio para a compra de mais hotéis. Tomás entra na sala de reuniões depois e diz que se calhar foi mau negócio. Luísa diz que ele está com ciúmes e que o negócio foi muito bom para o grupo.

Catarina fala bem de Miguel e dos cachorros de Maria Paula e Leonor fica irritada, ela não quer ver Catarina ao pé daquela família. Júlia fala depois com Leonor, para ela se acalmar e não discutir à frente de Catarina, que a Luísa já a avisou para ela se afastar de Miguel e Maria Paula.

Miguel vai encontrar-se com Luísa mas é Zé quem aparece. Zé ameaça Miguel, e diz que tem um teste de ADN a provar que a Catarina é filha dele e tem bilhetes de avião para a África do Sul para o Miguel sair de Portugal.

Comentários