Resumo do Episódio 57 - Paixão

Maria Paula sente-se mal e vai de ambulância para o hospital; Afonso agride João!

São está na dúvida se vai trabalhar ou não por causa das manchas na cara. Ela não quer que a vejam assim. Jacinto fala com ela, ele diz-lhe que não pode faltar ao trabalho nem perder aquele emprego. São acaba por concordar.

Depois de Francisco ter expulsado os filhos de casa, Vasco e Lou passam a noite na loja de Lou. Eles acordam cheios de dores e depois Laura vai ter com eles. Laura quer ajudá-los, mas Lou não quer a ajuda dela, diz que foi ela que os meteu naquela situação. E depois diz mesmo que não gosta dela. Laura, muito triste, vai-se embora.

De um momento para o outro, Maria Paula sente-se mal está doente e com vontade de vomitar. Helena tenta levá-la ao hospital e depois liga para o 112. O 112 diz a Helena como deve ajudar Maria Paula e depois chega uma ambulância para levar Maria Paula. Helena segue a ambulância de carro.

Luísa confronta João com o que descobriu na África do Sul. João mente e diz que fez isso só para proteger a família e para regressarem a Portugal mais cedo. Luísa continua a fazer perguntas, mas João nunca diz a verdade.

Miguel volta a falar com Eric, mas este diz que lhe disse a verdade e que João lhe deu o dinheiro sem fazer perguntas. Ele não sabe de mais nada.

Helena está no hospital com Filipe e Bárbara. Filipe diz que os médicos disseram que ela vai ficar bem, que ela ingeriu, sem saber, pesticidas. Filipe agradece a Helena, a ajuda dela foi essencial.

Tiago vai ter com Bé ao atelier e ela convida-o a irem jantar fora, mas num lugar mais afastado. Tiago fica chateado porque ela está a tentar esconder a relação dos dois. Bé pede-lhe para manter-se calmo, ela não quer criar mais problemas para a família que está a passar uma fase complicada. Eles começam-se a beijar e depois Leonor liga para Tiago. Tiago não atende e inventa uma desculpa a Bé.

Luísa conta a Zé e Tomás a conversa que teve com João. Zé mente e finge-se surpreendido. Tomás fala depois a sós com Zé e diz que foi ele que pagou ao médico. Zé diz que se lembra disso, mas mente e diz que se calhar o médico também aceitou dinheiro de João e ficou calado. E depois pede também a Tomás para ficar calado.

João, Teresa, Isabel e Bé vão ver Afonso à clinica, para o encontro de família. João espera por um pedido de desculpas de Afonso. João fica irritado e diz que ele continua a ser um zero à esquerda. Afonso não aguenta e dá um murro ao pai.

João sai da clínica a sangrar depois de ter sido agredido pelo filho, Afonso. Bé tenta ajudar o pai e não percebem a reação de Afonso. Acham que ele está desequilibrado. Depois eles vão-se embora de carro.

Isabel e Teresa tentam acalmar Afonso que diz que não quer estar mais naquela clínica. Isabel diz que ele tem de fazer a reabilitação.

Isabel diz a Afonso que vai publicar um livro sobre Sofia. Depois Afonso diz que a mãe não devia ter tantas esperanças e devia estar preparada para o pior. Aliás, Isabel devia saber que eles não são uma família perfeita, por muito que a mãe queira acreditar. Isabel diz que o gosta de ouvir e aquele encontro serviu para eles estarem juntos, apesar de Afonso ter batido no pai.

São está num quarto do Resort. Ela está deprimida por ter manchas do solário e parecer feia. Vasco tenta animá-la as manchas vão acabar por desaparecer. Eles depois falam de eles os dois e Vasco diz que ela não podia andar com ele e com Jacinto ao mesmo tempo para sempre. São acaba por se emocionar e quando Vasco abraça São, eles beijam-se e depois fazem amor.


Comentários