Resumo do Episódio 66 - Paixão

Zé manda um dos seus capangas pregar um susto a Miguel.

Vicente, a pedido da Teresa, vai dar um passeio com um casal, Mara e Lourenço. Eles vão passear ao Zoomarine. Mara e Lourenço tenta fazer Vicente feliz, mas Vicente acaba por perder a paciência e fugir deles.

Vicente foge para o gabinete de Mónica e ela tenta acalmá-lo. Mara, Lourenço e Henrique vão ter com Vicente e Mónica diz que se calhar é melhor o Vicente ficar com ela. Lourenço diz que pode ser, mas vai queixar-se a Teresa.

Bé vai ter com Tiago e mostra-lhe que está a usar a pulseira que ele lhe deu. Ele fica contente e beija Bé. Isabel aparece e Bé e Tiago disfarçam. Isabel pede a Bé para ler o seu livro. Bé repara que o livro tem referências sobre ela e fica irritada. Pede à mãe para tirar as referências sobre a família do livro dela.

Luísa fala com Zé no seu gabinete. Luísa pergunta se ele doou mesmo o dinheiro e Zé diz que não, foi o Miguel que o roubou. Luísa diz que então tem de ir à polícia mas Zé não se quer meter nisso. Luísa pergunta onde é que ele arranjou dois milhões de euros e Zé diz que são poupanças. Ele também não pergunta onde é que ela tem o dinheiro dela.

Miguel, Jaime e Francisco vão ao terreno do Eco-Resort. Eles queixam-se e dizem que agora têm de esperar pelos resultados das análises. Quando se estão para ir embora, um carro a alta velocidade tenta atropelar Miguel. Miguel consegue escapar e pega na bala que caiu.

Luísa está com Catarina e Zé vai ter com elas. A empregada surge assustada a dizer que o alarme do carro disparou. Zé vai à garagem ver o que se está a passar.

Zé vai à garagem e encontra Miguel que o avisa para não se voltar a meter com ele. Miguel dá-lhe a bala que encontrou e vai-se embora. Zé fica receoso.

Vemos Leonor reunida com o advogado de família. Leonor pede ao advogado para mudar o testamento.

Luísa acorda e Zé faz-lhe uma surpresa traz-lhe o pequeno-almoço à cama. Zé diz que foi injusto com ela e depois oferece-lhe bilhetes de avião para fazerem uma viagem a Capri. Luísa acha que é muito repentino mas acaba por aceitar.

Durante a manhã, Helena pede a Miguel para não se meter mais com Zé. Tocam à porta. Miguel vai abrir e surge Nuno, que vem fazer uma surpresa a Helena. Helena fica em estado de choque.

Helena está aterrorizada com a chegada de Nuno mas esconde o que sente. Nuno diz que veio para Portugal à procura de novas oportunidades e Miguel oferece-lhe um quarto para ele ficar, e Nuno aceita a oferta.

Zé e Luísa preparam-se para sair de casa quando dois inspectores da PJ aparecem para falar com Zé sobre a doação de dois milhões de euros que ele, supostamente, fez. Eles querem saber a proveniência do dinheiro.

Na agência de viagens, Jéssica, Augusto e Alice estão a trabalhar. Gil aparece e pede a Alice para voltar para ele, fazendo cenas como pôr-se em cima do balcão ou passar por amnésia para chamar a atenção de Alice. Alice fica ainda com mais vergonha dele e pede para ele parar.

Zé discute com o advogado de família. O advogado diz que Zé tem de pagar os impostos, ou então é acusado de corrupção e pode vir mesmo a ser acusado. Zé diz que paga o que for preciso para fugir a um escândalo. Nuno vai ter com Zé, diz-lhe que voltou para Portugal porque não quer que Helena se case. Ele conta-lhe também que Miguel, ingénuo, ofereceu-lhe um quarto na sua casa. Zé acredita que Nuno lhe pode ser útil.


Comentários