Resumo do Episódio 70 - Paixão

Rui apanha Zé a tentar abrir o caixão de Alexandre para impedir a exumação do corpo.

Bé fecha-se no seu atelier, cheia de raiva e ódio. Chora por saber que Tiago a enganou mais uma vez. Ela tira e parte a pulseira que Tiago lhe deu.

Miguel pergunta a Helena porque é que ela lhe mentiu em relação a Nuno. Miguel descobriu que Nuno assaltou a reserva de Jaime e que este suspeita que Helena o tenha ajudado. Helena diz que mentiu para não o preocupar e porque sabe que Nuno podia reagir mal. Helena diz que Nuno já se foi embora, pede a Miguel para não ficar chateada com ela.

Jéssica está com Gil, que está a descansar. Alice entra e diz que a cirurgia não é coberta pelo seguro. Ou eles esperam pela saúde pública, ou têm de pagar a cirurgia, que é um balúrdio. Gil diz que fazem a cirurgia pelo público, os médicos são bons.

Jacinto diz a São que já fez as malas para ir para o cruzeiro mas, sente-se mal por ela. Jacinto garante que vai fazer muito dinheiro e que vai usá-lo para lhe pagar um disco com músicas cantadas por ela. São continua chateada.

Tomás diz que vai despedir uma empregada do hotel, para esconder que a acompanhante de luxo roubou o relógio. Vasco fica indignado, mas Tomás diz que tem de esconder aquele assunto de toda a gente, incluindo de Luísa.

Tiago vai ao restaurante Veneza para se encontrar com Bé. Bé aparece com Leonor e Tiago fica sem saber o que dizer. Ela aproveita para lhes dizer que descobriu que os dois estão juntos. Bé vai-se embora, deixando Leonor sem reação.

Nuno continua preso na cave, onde Helena o deixou a morrer. Nuno tenta libertar-se, mas não consegue.

Júlia pergunta a Luísa como é que ela se sente em relação a Miguel, ao casamento dele e à exumação do corpo de Alexandre. Luísa diz que ela é casada com Zé, o Miguel vai casar-se com outra pessoa e granate que sabe que foi Miguel quem matou o pai dela. Júlia diz que sabe que Luísa sente algo diferente do que está a dizer.

No cemitério, à noite, Zé entra disfarçado no jazigo da família Marreiros. Zé tenta abrir o caixão de Alexandre com o pé de cabra.

Quando Zé está quase a conseguir abrir o caixão, Rui aparece por trás e agride-o. Zé consegue libertar-se e fugir. Rui, magoado, não consegue ir atrás dele.

Zé está em sua casa a recuperar da agressão e a máscara que usou cai no chão. Nesse momento, entra Leonor e Zé tenta esconder a máscara. Leonor diz que a exumação é amanhã e espera que fique tudo resolvido. Zé diz que se isso deixa todos mais calmos, então também concorda.

Bé fecha-se no seu atelier depois da cena no restaurante com Leonor e Tiago. Batem à porta é Tiago, para lhe dizer que nunca a traiu e não podia dizer que era a Leonor que andava atrás dele. Bé diz que ele não lhe contou a verdade e teve muitas oportunidades para o fazer. Por isso, a relação deles acabou.

Rui ficou a guardar a campa de Alexandre toda a noite. De manhã, surgem as autoridades para fazer a exumação. Quando Rui vê que eles tomaram conta do caso, vai-se embora.

Luísa toma o pequeno-almoço com Catarina. Catarina diz à mãe que quer ir ao casamento de Miguel, mas pede para ela não dizer ao pai, para ele não ficar chateado. Luísa diz que não há problema nenhum e ela não tem que se preocupar com essas coisas.

Leonor vai falar com Bé ao atelier para esclarecer a situação. Leonor diz que o que se passou entre ela e o Tiago foi só um acaso, eles não gostavam um do outro. Depois Tiago quis acabar com os encontros, por causa da Bé. Bé diz que isso não muda nada, ele mentiu-lhe e agora sabe que tipo de pessoa ele é.

Rui diz que fez uma direta, que passou a noite no cemitério. Rui conta que viu uma pessoa a tentar abrir o caixão de Alexandre. Depois de o ter posto a andar, esperou que viesse a polícia até estar tudo bem. Miguel não quer acreditar, mas isso só prova que Zé não quer que se prove a sua inocência.


Comentários