Resumo do Episódio 79 - Paixão

Zé incentiva Tomás a impugnar o testamento de Leonor para impedir que Miguel fique com a sua parte da herança.

Isabel está na casa de acolhimento com Ana Rita quando recebe uma chamada de Afonso. Afonso está num lugar desconhecido e diz que fugiu da clínica porque sabe que a família pagou ao médico para o manterem preso. Isabel pede a Afonso para dizer onde está porque ela não o quer perder. Mas Afonso diz que acabou e que não vai voltar.

Ofélia vai falar com Lou à sua loja. Ofélia explica ao filho que o seu namorado norueguês morreu e ela não chegou a casar com ele. Ofélia quer voltar para Francisco e para os filhos. Mas Lou não lhe dá hipóteses, e tal como o pai, também não lhe perdoa.

João vai falar com Maria Paula e diz que a ama muito. Maria Paula exige saber porque motivo João pagou a falsificação da autópsia. Ela afirma que foi por causa disso que Miguel foi preso. João diz que não sabia e que foi para proteger a família. Maria Paula diz que ele está a esconder alguma coisa. João fica nervoso, mas diz que não.

No gabinete do Resort, Luísa, Júlia e Tomás estão com o advogado de família. É suposto o advogado revelar o testamento da mãe deles. Mas o advogado diz que falta mais uma pessoa. Luísa e os irmãos acham estranho. Nessa altura entra Miguel no gabinete.

Helena vai ter com Zé mas encontra Castro, acabando por lhe revelar que Nuno continua atrás dela. Helena deixa um recado a Zé: Se Nuno a fizer cair, Zé cai com ela.

Luísa, Tomás e Júlia estão reunidos com o Dr. Manuel Antunes que lhes anuncia que a última vontade da mãe foi deixar o palacete da Baixa de Lisboa a Miguel. O advogado revela ainda que Leonor mudou o testamento poucos dias antes de morrer.

Inconformado com a notícia, Tomás quer anular o testamento, mas Dr. Manuel Antunes alega que tudo foi dentro da lei, que o testamento é válido e reflete a última vontade de Leonor. Luísa percebe que Leonor quis compensar Miguel pelos anos que ele esteve preso em vez dela. Tomás não quer saber e alega que a mãe deles estava psicologicamente afetada quando alterou o testamento. Luísa quer que o irmão aceite o último desejo da mãe mas, Tomás está irredutível. Tomás revela ainda que encontrou Leonor com o tratador de cavalos da tia Isabel. Luísa não admite e dá uma bofetada a Tomás. A reunião termina com os ânimos muito exaltados.

Zé fica chocado ao saber por Tomás que Leonor nomeou Miguel como herdeiro no testamento. Tomás está inconformado com a decisão da mãe e com a postura de Luísa e promete recorrer à justiça para garantir que Miguel não fica com o palacete. Zé incita Tomás a impugnar o testamento de Leonor, alegando que esta estava incapaz.

Lou questiona Francisco sobre a razão que levou o pai a esconder que Ofélia tinha voltado. Pergunta a Francisco se tenciona aceitar a mulher de volta, mas Francisco nega e garante que jamais a perdoará. Ofélia hospeda-se no resort onde trabalha Vasco e por pouco o filho não a vê enquanto ela faz o check- in.

São tenta pedir perdão a Jacinto, mas ele está muito magoado com ela.

Castro conta a Zé que Helena o procurou por causa de Nuno. Castro revela que Helena está com medo e que lhe deixou um aviso. Zé fica tenso e pede a Castro para encontrar Nuno.

Júlia e Luísa ficaram perturbadas com a leitura do testamento da mãe. Luísa volta a apoiar a última vontade de Leonor, mas Júlia está preocupada com a posição de Tomás. Júlia acha que a alteração do testamento, poucos dias antes de morrer, reforça a teoria que foi Leonor quem matou o pai delas após ter sabido da amante que ele tinha em África. Júlia e Luísa estão muito perturbadas e com muitas dúvidas.

Catarina fica a saber por Luísa que Miguel é inocente, que não foi o pai que matou o avô. Catarina quer saber quem foi o assassino, mas Luísa e Júlia não revelam o que sabem. Catarina fica devastada por Miguel ter sido preso por um crime que não cometeu.

Por seu lado, Miguel revela a Helena e a Maria Paula que é herdeiro de Leonor. Conta ainda que não faz tenções de ficar com o palacete, mas Maria Paula discorda, ele tem de aceitar, nem que seja pela Catarina. Maria Paula quer que o filho ponha o orgulho de lado e pense que aquela herança é tudo o que ele precisa para recomeçar. Maria Paula conta a Miguel a visita que recebeu de João, que vinha perturbado, e que lhe contou que se sentia culpado não só pela morte de Alexandre como também de Leonor. Para Maria Paula, nada do que ele disse faz sentido.

Tiago fica a saber da sessão fotográfica que Bé está a pensar fazer para uma revista masculina e discorda. No entanto, Bé está determinada em fazê-la pois é uma ótima oportunidade para promover as suas joias. Contrariado e ciumento, Tiago é obrigado a aceitar a vontade de Bé.

Isabel vai à clínica e quer ver o processo do filho. Isabel está transtornada e pressiona o médico. Ela sabe que prenderam Afonso antes dele fugir e quer saber porque é que o fizeram. O Dr. Pedro acaba por lhe revelar que tudo o que fizeram foi a mando do marido dela. Isabel acusa-o de aceitar subornos, mas o médico diz que tudo foi feito em prol do estado de saúde de Afonso. Isabel vai-se embora, furiosa.

Diana questiona Duarte sobre a relação deles, mas Duarte nega que haja algum problema entre eles.

No areal, David encontra Manel que foi surfar e aproveita para o humilhar em frente a Vera. David é bastante ameaçador e Manel acaba por ir embora, sem sequer ter entrado na água.


Comentários