Resumo do Episódio 81 - Paixão

Zé confronta Luísa com a traição na África do Sul!

Miguel procura João na herdade, quer saber o que João esconde e porque razão se sente culpado pela morte de Alexandre. João pede a Miguel para esquecer o passado e para se concentrar no futuro, ele que deixe as coisas como estão. Antes de Miguel sair, João alerta-o que Zé não é de confiança. Ao sair da herdade, Miguel cruza-se com Isabel, que lhe diz que não acredita que Leonor tenha morto o marido e se tenha suicidado. Isabel alega ainda que o seu irmão jamais teria uma amante. Para Isabel, toda aquela história é uma mentira e o único beneficiário é Miguel, que se sente ofendido com a acusação de Isabel e se vai embora.

Zé chega a casa já de manhã e encontra Luísa muito preocupada com ele. Zé vem furioso e faz Luísa ouvir a mensagem de Miguel à frente dele. Luísa olha arrependida para Zé, que se sente traído e humilhado. Zé acusa Luísa de ser uma mentirosa que foi capaz de o trair depois de tudo o que ele fez por ela nestes últimos 10 anos, em que além de ser um bom marido, foi um verdadeiro pai para Catarina. Luísa mente e diz que o que aconteceu com Miguel não significou nada, por isso não lhe contou, mas para Zé é o fim e anuncia que vai sair de casa.

Tomás quer que Júlia se junte a ele para contestarem o testamento da mãe, mas ela não se deixa virar contra Luísa. Júlia não esquece que Tomás usou o resort para explorar um negócio de prostituição e que ele tem sorte de ela ainda lhe dirigir a palavra.

Ofélia aparece a Vasco na receção do resort, alegando que regressou por causa das saudades que sente do filho. Ofélia acrescenta que está disposta a esperar pelo perdão do marido e dos filhos, ela veio para ter uma nova oportunidade na vida deles, mas Vasco não lhe dá hipóteses. Vasco faz o check-out à mãe, mandando-a embora do resort. Mais tarde, Vasco desabafa com São, contando que odiava Ofélia por os ter abandonado e agora ainda a odeia mais por ter voltado. Vasco está muito vulnerável e chora, devastado com as emoções que o regresso da mãe lhe trazem.

Tino continua amarrado na loja de Lou. Laura está assustada com a situação, o que estão a fazer é crime e eles podem ser apanhados. Tino implora para que o libertem, garantindo que não irá atrás deles, mas Lou não cede.

Henrique e Mónica vão com Vicente fazer a devolução das tartarugas ao mar e é um momento muito especial para os três.

Luísa revela a Teresa que não fez grande pressão para Zé não sair de casa, por mais que Luísa tente esquecer Miguel a verdade é que ainda o ama. O problema é que ela sabe que eles nunca poderão ser felizes. Teresa discorda da prima, ela e o Miguel nunca deixaram de se amar e isso é o mais importante. Mas Luísa acredita que o amor deles está condenado desde o dia em que ela duvidou da inocência dele. Luísa revela ainda que esteve bem com Zé nos últimos anos, sentiu-se bem ao lado dele, mas para Teresa não faz sentido que Luísa viva um casamento que não a faz feliz.

Quando Tomás encontra Helena no casino ameaça-a e manda um recado a Miguel: ele nunca irá receber a herança de Leonor! Helena não se deixa intimidar por Tomás.

Miguel continua a tentar encaixar as peças do puzzle da morte de Alexandre e de Leonor. Fala com Filipe e põe a hipótese de Zé estar envolvido nesta história, mas para Filipe é apenas o ódio de Miguel a falar. Tal como João, Filipe aconselha o irmão a deixar as coisas como estão.

Zé aparece para discutirem o acordo da responsabilidade parental. Reúne com Luísa e com Dr. Manuel Antunes para analisarem o acordo redigido por Filipe. Zé contesta todos os pedidos de Miguel, apesar destes serem mais do que justos. Zé deixa claro que não confia em Miguel e que não lhe vai entregar a Catarina.

Bé é fotografada por Bernardo em fato de banho, usando as suas joias. Júlia observa a prima. João chega e acaba com a sessão. João está furioso e descontrolado. Bé percebe que o pai esteve a beber e pede-lhe que se vá embora, deixando-a trabalhar. Júlia acaba por levar João embora e Bé termina a sessão, apesar do constrangimento pelo que acabou de acontecer.

Vera desabafa com Ana Rita e conta-lhe que acabou de ver o seu irmão no Algarve. Vera tem demasiadas mágoas em relação a ele, uma vez que Tiago a abandonou com os pais. Ana Rita aconselha-a a reconsiderar a postura em relação ao irmão.

Ofélia mostra a Francisco o álbum de fotografias que fez dos filhos, mas ele continua na defensiva por ela os ter abandonado. Ofélia garante que não vai desistir até ter o perdão dos filhos, mas Francisco acha que ela vai voltar a desaparecer e a desiludi-los.

Vasco e Lou conversam sobre a mãe. São conta que Vasco obrigou Ofélia a fazer o check-out do hotel e, a certa altura, ouve um barulho. É Tino a pedir socorro! Lou disfarça e diz que é um gato assanhado que ele tirou da rua. São vai-se embora para ir acabar o turno de Vasco, uma vez que ele não está em condições para trabalhar. Lou pergunta a Vasco se voltou para São, mas ele alega que ela tem sido apenas uma boa colega de trabalho.

Miguel descobre que o acordo em relação à regulação do poder paternal de Catarina foi recusado e conclui que Zé fará de tudo para o manter afastado da filha.

São conta que Catarina desapareceu e que não chegou a fazer a aula de natação. Luísa fica em pânico.


Comentários