Personagens

Alexandre Marreiros

Rui Morrison
É um homem frio e calculista, que gere os seus negócios com mão de ferro. É controlador e faz questão de manter a família debaixo do seu domínio.

Leonor Marreiros

Mónica Calle
Leonor é uma mulher bonita, atraente, sempre preocupada em cuidar de si e da sua imagem. Snobe e moralista, aos olhos dos filhos e da família, sempre viveu sob regras e valores muito rígidos mas na verdade, desde que casou que mantém curtos casos extraconjugais com rapazes atraentes e bem mais jovens que ela.

Luísa Marreiros

Margarida Vila-Nova
Boa pessoa, justa, doce, fiel aos seus, humilde mas firme e assertiva quando assim tem de ser. Psicologicamente forte, é uma mulher com opinião própria, honesta nas palavras e lutadora, capaz de se defender. Foi isso que lhe valeu quando, ainda jovem, teve de superar a desilusão de ver o pai morto pelo namorado e assumir a direcção dos negócios da família. Associada a esta reacção, há também uma frieza adquirida ao longo dos anos que a leva a desistir de tentar encontrar um grande amor, satisfazendo-se com uma relação pacífica, mas também desapaixonada com Zé. Luísa julga ser feliz assim. Assume a gratidão que tem em relação a Zé como um afecto suficiente para si e não procura mais nada. Mas, no fundo de si, ainda está adormecido o amor por Miguel e mais tarde ou mais cedo, ele voltará à superfície quando este regressar a Portugal. Apesar do ódio quem sente por Miguel, por acreditar que este matou o seu pai, Luísa não consegue evitar sentir-se desarmada perante a presença deste, o que a deixa profundamente desconcertada.

Tomás Marreiros

Pedro Sousa
Com sucesso no campo das mulheres, arrogante e presumido. Desconsidera os seus subalternos no resort, ao mesmo tempo que se apoia no trabalho deles para se dedicar aos prazeres da vida. Preguiçoso, vicioso, leva uma vida algo desregrada e estoira muito dinheiro no jogo, no engate e em prostitutas. Superficial, nunca se ligou profundamente a ninguém, acumulando relações sem grande significado. É machista e mesmo misógino, o que o leva a desrespeitar as mulheres.

Júlia Marreiros

Inês Herédia
Com um grande talento para a música e após um lançamento falhado do primeiro disco, sonha em ter uma carreira como cantora. De espírito forte, é muito determinada e dada a ideias muito arreigadas. Tem espírito de aventura, defende as suas ideias com garra e é algo rebelde.

Catarina Marreiros

Matilde Serrão
Simpática, sossegada, boa aluna e aplicada. Da mãe herdou o sentido de justiça e a bondade e, do pai, a força e a resiliência.

Zé Mascarenhas

Marco Delgado
Metódico, dissimulado, invejoso, ambicioso e frio, Zé tem ainda algo de sociopata que consegue esconder de todos. Sempre ambicionou ser tão rico como as famílias Marreiros e Galvão e alcançar o status social destes. Obcecado por Luísa, vê as suas inseguranças emergirem quando Miguel é libertado. Fará tudo para afastar Miguel de Luísa, mas acabará por perder o controlo da sua vida e extremar ainda mais o seu potencial para fazer mal aos outros.

Maria Paula Martins Guerreiro

Rita Blanco
É uma mulher de valores, batalhadora. Uma mãe coragem, que dá tudo o que tem pelos filhos. De personalidade complexa, o seu amor pelos animais e a incompreensão perante o comportamento das pessoas que os abandonam e maltratam fez com que recolhesse cães abandonados que trata carinhosamente.

Miguel Guerreiro

Albano Jerónimo
Forte, honesto, envolvente, carismático e aventureiro. Se em jovem, era uma pessoa auto-confiante e de convicções fortes, depois de acusado de matar o sogro, passa por um doloroso processo pessoal. Com os anos de prisão, acaba por sentir que merece uma nova oportunidade para ser feliz. No entanto, há ainda uma ferida aberta: Luísa que Miguel nunca esqueceu.

Filipe Guerreiro

Miguel Nunes
É uma pessoa com um enorme sentido de justiça. Bondoso, sempre disposto a defender as causas e as pessoas em que acredita. Tem, porém, o contra de ser muito teimoso e de às vezes não ter a maleabilidade necessária para perceber os outros pontos de vista. Isto, de certa forma, vem-lhe da revolta de ter visto o irmão a ser preso de modo que ele considera injusto.

Helena Sequeira

Joana Solnado
Grande antagonista nesta trama, Helena, para além de ser uma mulher bonita tem uma personalidade forte, determinada e destemida.

Isabel Galvão

Maria João Abreu
Isabel é uma mulher deprimida, triste, sofrida, que há muito tempo perdeu a vontade de viver. Já se tentou suicidar duas vezes e, em ambas, foi salva pelo irmão Alexandre, o seu grande pilar. Apesar de frágil, nos momentos bons é uma mãe extremamente protectora e tenta, por tudo, ter as filhas Bé e Teresa o mais próximo possível de si. Dos quatro filhos, o seu preferido é Afonso e guarda uma grande mágoa por ele ter cortado laços com a família.

João Galvão

António Capelo
Frio, sem escrúpulos, infiel e egoísta, tudo faz para manter o casamento e o status. Depois de perder Maria Paula e da sua filha mais nova desaparecer, passou a refugiar-se na bebida, especialmente em eventos familiares. Quando o faz em excesso, é inconveniente e desagradável, especialmente com Isabel. Na actualidade, retomou a relação extraconjugal que mantinha com Maria Paula.

Afonso Galvão

José Mata
Vive uma vida assente em álcool, drogas, noitadas e relações fugazes. É arrogante e conflituoso quando está com os pais e os irmãos, o que serve apenas para mascarar o grande sofrimento e revolta em que vive.

Isabel Galvão - Bé

Bárbara Lourenço
Mimada, teimosa, determinada e extremamente competitiva, procura ser perfeita em tudo o que faz. Herdou o nome da mãe e traços de personalidade do pai. O facto de ter visto a mãe fechar-se depois do desaparecimento da irmã tornou-a algo fria e desconfiada, pois receia que quem se aproxima possa, tal como a mãe, vir a negligenciá-la. Vive para si e para o trabalho. Adia o casamento e a maternidade porque acha que não tem tempo, nem espírito de sacrifício para dar atenção a um homem e uma criança. Põe-se a si própria em primeiro lugar na maior parte das vezes, o que faz com que as outras pessoas a vejam como alguém egoísta e narcisista. Na verdade, esta atitude serve para disfarçar a sua insegurança, que só será atenuada quando encontrar alguém que se apaixone verdadeiramente por si.

Teresa Galvão

Cláudia Vieira
Muito altruísta, tende a esquecer-se um pouco de si, pondo sempre os outros em primeiro lugar. Isto sente-se com particular intensidade na forma como encara o seu trabalho na casa de acolhimento: os miúdos são sempre a sua prioridade. Meiga, atenciosa, fiel, por vezes tende a ser algo permissiva, mas torna-se dura e capaz de mover mundos e fundos quando se trata de defender os seus. Por isso e porque também não cede no que considera justo, a sua autoridade é respeitada pelos miúdos da casa de acolhimento. Tem muito amor para dar, mas depois de uma relação falhada no passado, está no presente completamente preenchida pelo afecto que tem pelos miúdos e não procura uma relação, ainda que, intimamente, às vezes se sinta só.

Ana Rita Sobral

Joana Ribeiro
Mulher carinhosa, dócil e tímida, esforça-se o mais possível por passar despercebida. Metódica, focada e muito organizada, era muito elogiada pelos professores e, actualmente, em todos os empregos por onde passa. Na verdade, Ana Rita é uma pessoa profundamente solitária e carente.

Tiago Lopes

Frederico Barata
Bonito, atlético e sedutor, é um autêntico modelo de capa de revista. Confiante e duro, não tem papas na língua. Tem dificuldade em cumprir regras e seguir ordens, principalmente de pessoas do sexo oposto.

Duarte Marreiros

João Reis
Boa pessoa, humilde, calmo, altruísta e paciente. Maduro e psicologicamente forte e estruturado, é difícil tirarem-no do sério. No entanto, quando isso acontece, ninguém o agarra. Apesar de ter nascido numa família rica, é o menos apegado a dinheiro e a luxos. Prefere uma vida simples que o faça feliz.

Diana Bastos

Oceana Basílio
Carinhosa, doce e muito disponível para a família e os amigos. Ao mesmo tempo, é corajosa, forte, determinada e põe sempre o filho em primeiro lugar, estando disposta a fazer os maiores sacrifícios para o proteger. Para além de bonita e extremamente sensual, o que faz com que as atenções dos homens tendam a centrar-se em si.

Manel Bastos

Lourenço Mimoso
Bonito, bem-disposto, simpático e sociável. Atlético (pratica bodyboard), inteligente e bom aluno, o seu maior sonho é ser médico. É muito próximo e cúmplice da mãe e, por terem vivido sozinhos até há dois anos, continua a sentir que deve protegê-la.

Bárbara Oliveira

Rosa Do Canto
Doce, meiga e dedicada, é vista pelos jovens do lar como uma avó adoptiva. Apesar disso, não se coíbe de os repreender e de os pôr de castigo quando estes fazem asneiras. Forte e corajosa, passará momentos de sofrimento e grande fragilidade quando descobrir que está doente. O apoio das filhas, de Maria Paula, de Miguel, Filipe e, sobretudo, dos jovens do lar será fundamental para conseguir adaptar-se à nova situação e viver com ela.

Conceição Oliveira Gomes - São

Débora Monteiro
Deslumbrada, destravada, caótica e ambiciosa, o seu maior sonho é ser uma cantora famosa e tudo fará para o alcançar. No entanto, vive iludida, pois o seu talento para a música é nulo. Na sala de estar tem um altar dedicado a Beyoncé, o seu maior ídolo. Inveja Júlia e, mais tarde, invejará Diana, por achar que elas lhe roubaram o lugar que devia ser seu no bar do resort. Infiel e dissimulada, consegue esconder muito bem do marido a relação adúltera que tem com Vasco.

Jacinto Gomes - Jay C

Rui Melo
Ingénuo, confia cegamente em São e, durante muito tempo, nunca desconfiará que é traído por ela. É um homem conformado, pouco ambicioso e que não pede mais que comida na mesa, cerveja no frigorífico e vitórias do seu glorioso. Afectuoso e bondoso, o seu maior desejo é ter um filho com São. No entanto, e apesar dos seus esforços para a convencer de que esse é o caminho natural para um casal, terá dificuldade em ser bem-sucedido

Alice Oliveira Dias

Maria João Pinho
Profissional dedicada e empenhada, é o exemplo a seguir por todos os funcionários na empresa de aluguer de barcos e passeios turísticos. É muito afectuosa, carinhosa e disponível, sobretudo com Bárbara, por sentir que, de certa forma, ao mudar-se para Lisboa deixou a mãe para trás. Um dos seus maiores desejos é ter filhos. Sente que está preparada para isso e que será uma boa mãe, mas o desgaste do casamento com Gil e as dificuldades financeiras tem-na feito adiar o sonho. Pró-activa e desembaraçada, decide arrendar o quarto que têm livre para conseguir equilibrar as contas.

Gil Dias

Dinarte Branco
Sonhador, espírito livre e criativo, nunca acaba nada do que começa. Acredita convictamente que está um passo à frente da sociedade e que, um dia, será um dos seus projectos/invenções que mudará o mundo. O seu carácter radical, despreocupado e ainda adolescente que apaixonou Alice tornou-se agora incompreensível e inaceitável para ela. Gil tem sempre um pedaço de sabedoria para dar à família, uma solução para todos os problemas, e coloca no mundo a culpa pelos azares que lhe acontecem. Se perder uma nota porque ela caiu no chão, a culpa é do Banco Central Europeu que já deveria ter decretado que só se usassem moedas. Isto leva muitas vezes ao desespero de Alice.

Jéssica Ferreira

Mafalda Jara
É um furacão, com energia para dar e vender, que não consegue ficar muito tempo parada no mesmo sítio. Está sempre a planear a sua próxima viagem. Por ter viajado muito, tem sempre várias histórias para contar, algumas meio escabrosas, mas que contacom a maior das naturalidades, para choque de quem está com ela.

Augusto Ribeiro

Manuel Cavaco
Bem-disposto e enérgico, depois da reforma decidiu não se fechar em casa ou no café com os amigos e procurou emprego, de maneira a continuar a sentir-se activo. É um pai atento, presente e que sempre apoiou Henrique nas suas decisões, incluindo a de se mudar para o Algarve. É um leitor ávido, mas recusa terminantemente recorrer aos livros electrónicos, não os considerando livros de verdade. É também infoexcluído pois, até agora, nunca sentiu necessidade de recorrer às novas tecnologias informáticas para estar em contacto com as pessoas. Com um forte sentido de justiça, tem um perfil reivindicativo e participa em várias manifestações pelas causas sociais em que acredita.

Henrique Ribeiro

António Pedro Cerdeira
Excelente profissional, extrovertido, romântico, carinhoso.

Mónica Marques

Bárbara Norton de Matos
Atraente, desempoeirada, despachada, desinibida, bem-disposta, Mónica parece estar sempre feliz e à vontade em todas as situações. Porém, no íntimo, Mónica é uma pessoa solitária e este sentimento só se agrava com a aproximação dos 40 anos e o medo de envelhecer sozinha. Aí começa a pensar em constituir uma família.

Vicente Pinto

Diogo Fragata
Miúdo agressivo, revoltado e muito problemático. Parece andar em permanente guerra com o mundo.

Guilherme Pereira - Guilhas

Ricardo Viegas
Adora comida e raparigas, mas tem mais jeito para lidar com comida. Os piropos constantes que atira ao sexo oposto, a roçar o romântico foleiro, não o ajuda. É um desbocado, às vezes politicamente incorrecto, mas tem bom coração e não hesita em ajudar os amigos do centro de acolhimento. Às vezes tem dificuldade em perceber limites.

Vera Veloso

Inês Aguiar
É uma miúda muito carente, que está sempre a pedir mimos e atenção. Quando é contrariada enerva-se. Uma das actividades que lhe dá paz é a costura, algo em que é muito boa. Tanto, que acabará por conseguir algum sucesso com as peças que faz.

Joana Nunes

Joana Lucas
Surda. É uma força da natureza, com uma personalidade vincada e forte. É das crianças mais reivindicativas no centro, estando sempre a propor greves e manifestações.

Fábio Manuel da Costa Alves

D8 (Diogo Valente)
É um rapaz maduro, bem-disposto, com um apurado sentido artístico e apaixonado e dedicado por tudo o que faz. Mas sobretudo é um “sobrevivente”, incapaz de se melindrar pelas dificuldades e pronto para lutar.

Francisco Vaz

Adriano Luz
Velho rezingão, desconfiado de tudo e de todos. Tem pavor de ficar sozinho mas não é capaz de admitir. Forreta, não gasta dinheiro com nada, tem uma fortuna imensa, guardada no banco, na qual não mexe e da qual ninguém sabe.

Vasco Vaz

João Baptista
Vasco é muito metódico, organizado, aquele que tem sempre tudo sob controlo e que nunca comete falhas.

Luís Vaz - Lou

Tiago Teotónio Pereira
Brincalhão, está em permanente guerra com o pai, dadas as diferenças entre os dois. Tem uma ideia exagerada de si, em vários aspectos. Acha-se muito mais bonito e inteligente do que é. Também acha que a sua loja vende experiências. Apesar de fiel a Laura, nem sempre consegue controlar a sua veia de engatatão romântico.

Laura Ramos

Lia Carvalho
Funcionária muito dedicada e com grande habilidade para a doçaria, fará maravilhas com as laranjas de Maria Paula. É metódica e organizada, sem ter problemas em ser a primeira a chegar à empresa, e a última a sair. É por norma calma e paciente, embora às vezes perca essa paciência com as tropelias do seu namorado, Lou.

Camila Silva

Inês Aires Pereira
Tem um ar de realeza britânica que às vezes é confundido com uma certa altivez, mas, apesar do feitio explosivo, é boa pessoa. Tem grandes problemas para controlar a sua raiva.Quando está mais nervosa, exagera no chá de camomila ou no treino físico que faz. No trabalho, recorre ao spiner ou às bolas de stress.